Santiago de Compostela recebe mais de 800 profissionais de Espanha e Portugal para abordar os desafios colocados aos cuidados paliativos