Estudo internacional indica que domicílio foi o local de morte mais frequente na maioria dos países estudados, mas Portugal foge à regra | APCP - Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos
Estudo internacional indica que domicílio foi o local de morte mais frequente na maioria dos países estudados, mas Portugal foge à regra